O Prêmio Mulheres TECH em SAMPA apoia financeiramente, por meio de subsídio, atividades que estimulem a atuação de mulheres na área de tecnologia, o empreendedorismo digital entre as mulheres e o compartilhamento de experiências entre mulheres profissionais na área de tecnologia, ou entre empreendedoras em negócios de base tecnológica, com o objetivo de aumentar a participação feminina no setor de tecnologia e no ecossistema de startups da cidade de São Paulo.

As cinco melhores iniciativas serão selecionadas e premiadas com:

  • Prêmio no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) cada projeto, para viabilizar a execução do projeto ao longo de 2016, na cidade de São Paulo;
  • Mentoria com a Fundadora da Rede Mulher Empreendedora, Ana Fontes durante 12 meses. Sendo 01 (uma) mentoria/mês. Início em Janeiro/2016;
  • Pelo menos 01 (uma) divulgação/mês do projeto nos Canais da Rede Mulher Empreendedora (Site e Perfis).

I. Regras de participação

Serão considerados elegíveis os projetos:

  1. Propostos por pessoa física, maior de 18 anos, ou por pessoa jurídica;
  2. Que sejam realizados ao longo de 2016 no município de São Paulo;
  3. Que ofereçam atividades gratuitas ou a preços inclusivos, podendo prever cotas de gratuidade, conforme aplicável;
  4. Que proponham atividades voltadas para mulheres. Não é necessário, no entanto, que tais atividades sejam exclusivas para mulheres;
  5. Os responsáveis pelos projetos devem ser Mulheres, porém, as equipes podem ter integrantes do sexo masculino e feminino;
  6. Que apresentem ao menos uma das seguintes características:

Ações específicas de inspiração, difusão e valorização da atuação de mulheres no setor de tecnologia e do empreendedorismo digital entre as mulheres, apoiando o fortalecimento, participação e integração de mulheres que atuem ou tenham interesse pela tecnologia, por meio de eventos, palestras, vídeos, encontros, interações, premiação, mentorias, workshops, dentre outros e que sejam relacionadas à tecnologia.

Ações específicas de formação, capacitação, aperfeiçoamento e qualificação de mulheres interessadas em aprender a utilizar ferramentas e linguagens de tecnologia, em criar negócios digitais ou desenvolver atividades de programação e desenvolvimento, por meio de cursos, palestras, workshops, oficinas técnicas, conteúdo online,  encontros e interações com temas relacionados à tecnologia ou ao empreendedorismo, mas utilizando a tecnologia como base de trabalho. Exemplo: ensinar meninas ou mulheres a criar/trabalhar com sites, blogs, aplicativos, entre outras ferramentas.

Não poderão concorrer aos recursos do Prêmio membros da Comissão de Avaliação, seus parentes em primeiro grau e cônjuges ou companheiros, além de pessoas que já tenham sido contempladas pela premiação.

Proponentes poderão enviar mais de um projeto, entretanto somente um projeto será selecionado por proponente.

II. Premiação

Cada projeto selecionado receberá um prêmio no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), mediante termo de compromisso firmado entre o responsável pelo projeto vencedor e a Rede Mulher Empreendedora.

III. Contrapartida

Como contrapartida, os projetos vencedores devem garantir o mais amplo acesso da população à iniciativa gerada, em especial às mulheres empreendedoras, oferecendo atividades gratuitas ou a preços populares e livre disponibilidade do conteúdo.

Os projetos vencedores do Prêmio deverão fazer constar em todo o material de divulgação do projeto aprovado as logomarcas da Rede Mulher Empreendedora, Google for Entrepreneurs e Tech Sampa.

IV. Informações do projeto

  • Ficha de inscrição online preenchida (no site do prêmio);
  • Breve apresentação e currículo do(s) proponente(s);
  • Portfólio de realizações relacionados ao objeto do concurso;
  • Descrição dos parceiros (se houver);
  • Objetivos e justificativa do projeto;
  • Descrição do projeto e plano de ações;
  • Proposta detalhada da contrapartida;
  • Orçamento detalhado discriminando as despesas necessárias para a realização do projeto. O projeto que apresentar orçamento maior do que o previsto neste regulamento deverá especificar as fontes complementares de recursos. Poderão ser incluídas, entre outras, as seguintes despesas:

– Recursos humanos e materiais necessários;

– Material de consumo;

– Locação de espaço e equipamentos;

– Compra de equipamentos;

– Material gráfico e publicações;

– Divulgação;

– Transporte;

– Alimentação;

–  Pesquisa e documentação.

  • Cronograma de trabalho para execução do projeto;
  • Impacto esperado e métricas de avaliação;
  • Plano de divulgação do projeto.

V. Comissão de Avaliação de Propostas

Para a seleção dos projetos, o Prêmio contará com uma Comissão de Avaliação de Propostas. A Comissão selecionará os projetos analisando a adequação aos objetivos do Prêmio e os critérios de avaliação, conforme regulamento.

A Comissão será formada por cinco membros:

  1. Representante da Rede Mulher Empreendedora;
  1. Representante da Google;
  1. Representante da PMSP;
  1. 02 (dois) Especialistas de mercado indicados pela RME.

Durante o processo de seleção a Comissão de Avaliação poderá solicitar informações complementares aos inscritos, se entender necessário.

A Comissão de Avaliação é soberana, não cabendo recurso quanto ao mérito de suas decisões.

A Comissão poderá deixar de utilizar todos os recursos previstos para o Prêmio se julgar que os projetos apresentados não atendem ao REGULAMENTO.

VI. Critérios de avaliação

    1. Capacidade de fortalecer e ampliar a inserção de mulheres na área da tecnologia;
    2. Perspectivas de continuidade da ação após o término do projeto;
    3. Resultados e impactos esperados com o desenvolvimento das atividades propostas;
    4. Coerência e clareza;
    5. Consistência e viabilidade da proposta;
    6. Adequação do orçamento ao Plano de Trabalho;
    7. Criatividade, inovação e singularidade da proposta;
    8. Experiência do proponente e equipe executora do projeto e sua relação com a proposta apresentada.

VII. Contratação

Após a divulgação do resultado, será formalizada a concessão do benefício mediante termo de compromisso firmado entre o responsável pelo projeto vencedor e a Rede Mulher Empreendedora.

VIII. Prestação de contas

Os responsáveis pelos projetos selecionados deverão prestar contas ao final do projeto, sobre os resultados alcançados e sobre a utilização dos recursos, conforme regulamento. A Comissão de Avaliação poderá, a seu exclusivo critério, enviar representante para acompanhar a execução dos projetos vencedores.

Os documentos solicitados na prestação de contas são: relatório de atividades, material de divulgação e registro (fotos ou vídeos), relatório de impacto, demonstrativo financeiro das despesas realizadas no projeto regularmente preenchido e assinado pelo proponente.

Qualquer alteração no projeto seja de seu conteúdo, orçamento ou na ficha técnica, deverá ser previamente informada e autorizada pela Coordenação do Prêmio e, quando necessário, pela Comissão de Avaliação.

A não aprovação da prestação de contas do projeto sujeitará o proponente a devolver o total das importâncias recebidas, acrescidas da respectiva atualização monetária, em até 30 (trinta) dias da publicação do despacho que as rejeitou.

As propostas que não resultarem em evento ou produto gratuito deverão ter preços populares, como também prever obrigatoriamente a destinação de, no mínimo, 10% (dez por cento) de seus produtos ou ações como devolução pública, sob forma de ingressos, doação para escolas, bibliotecas e outros.

IX. Inscrições

As inscrições estarão abertas no período de 01.09.2015 a 16.10.2015 (Inscrições Prorrogadas). Os interessados deverão efetuar inscrição através de formulário no site do Prêmio Mulheres Tech em Sampa (www.mulherestechemsampa.com.br).

Dúvidas sobre o presente concurso poderão ser dirimidas por email: contato@redemulherempreendedora.com.br